WELCOME TO KONE!

Are you interested in KONE as a corporate business or a career opportunity?

Corporate site

Would you like to find out more about the solutions available in your area, including the local contact information, on your respective KONE website?

Your suggested website is

United States

Go to your suggested website

Back to top

Isto faz parte de uma minissérie de renovações urbanas, em que visitamos três cidades que têm diferentes respostas à questão "preservar ou não preservar?". Comecemos com Chicago.

O EQUILÍBRIO DA CIDADE VENTOSA

Chicago tem quatro dos dez edifícios mais altos nos Estados Unidos. Sem limites regulamentares à construção em altura, a linha do horizonte continua ambiciosamente a subir cada vez mais. Mas será que isso significa que está a perder a sua herança e história?

"A melhor forma de Chicago crescer é para cima e não para fora", afirma Aaron Ites, Chefe do Negócio de Novos Equipamentos, KONE Américas. Presa ao interior pelo seu lado oriental, esta Cidade Ventosa, uma das primeiras metrópoles do mundo com construções em altura, tem pouco espaço para se estender.

Sendo a terceira cidade mais populosa dos Estados Unidos e um centro comercial em ascensão, Ites prevê que Chicago continue a ser uma capital nas alturas que oferece um bom equilíbrio entre projetos de herança e de história e os novos e reluzentes arranha-céus.

Por exemplo, a Trump Tower com 423 metros de altura, o edifício mais alto que foi erguido nos Estados Unidos em 40 anos antes do One World Trade Center, e a Chicago Water Tower, um símbolo da Antiga Chicago e um dos poucos edifícios a sobreviver ao Grande Fogo de Chicago de 1871. A coexistência destas estruturas representa a política dupla da cidade sobre a renovação urbana.

PRESERVAR A HERANÇA E A HISTÓRIA

Enquanto se vai erguendo em direção às nuvens, Chicago tem muito orgulho na sua herança e história. Parques, fontes, avenidas e uma graciosa arquitetura neoclássica valeram à cidade o apelido de "Paris na Pradaria".

Para a KONE, isto significa o melhor de dois mundos. "Nós somos historicamente os líderes na modernização [de equipamentos], mas também somos fortes no novo segmento de edifícios, com projetos-chave como as Torres Trump e Hyatt na nossa lista de referência", afirma Ites. Passeie pela LaSalle Street – a Wall Street de Chicago – e verá muitos edifícios modernizados pela KONE, incluindo um total de 280 unidades apenas numa reta.

As diferentes partes do negócio da KONE suportam-se reciprocamente, conferindo às suas operações uma base sólida para uma sustentabilidade continuada. O aumento das vendas de novos elevadores e escadas rolantes permite-lhe também abastecer o crescimento futuro no seu negócio de manutenção.

"E, com a tecnologia KONE UltraRope®, não há limites ao quão alto podemos chegar!", afirma Ites, referindo-se ao cabo de elevação superleve da KONE que foi introduzido em 2013 e que permite futuras deslocações de elevador a uma distância máxima de 1 km.

Independentemente da altura a que chegará esta Cidade Ventosa, é provável que ela fique firmemente enraizada na herança e na história.

Partilhe esta página