WELCOME TO KONE!

Are you interested in KONE as a corporate business or a career opportunity?

Corporate site

Would you like to find out more about the solutions available in your area, including the local contact information, on your respective KONE website?

Your suggested website is

United States

Go to your suggested website

Back to top

DUBAI, UMA CIDADA EM EVOLUÇÃO

A nossa missão na KONE é melhorar o fluxo de pessoas no ambiente urbano. Para captar a essência da urbanização, nós partilhamos consigo histórias de pessoas de 17 cidades. Hussain Al Mooswa, de 32 anos, regressou à cidade global de Dubai depois de ter vivido na Austrália durante 8 anos.

"Eu nasci e fui criado no Dubai, e viajei para a Austrália aos 21 anos por um período de 8 anos. Mas todos os anos eu vinha a casa e testemunhava o começo de um novo projeto. A cidade estava a mudar rapidamente. Numa exposição a qual fui durante a minha visita a casa num inverno, um amigo apresentou-me a uma artista. Quando eu lhe disse que eu era de Dubai mas estava a viver fora, ela perguntou: "O que estás a fazer lá? Volta, pois aqui é onde tudo acontece." As palavras dela ressoaram na minha mente – Eu regressei em 2013 e agora estou a redescobrir Dubai. Como artista infográfico e fotógrafo tipológico, eu decidi documentar as características urbanas de Dubai na década que se seguiu. O meu sonho era publicar tal num livro.

Eu adoro a mistura que Dubai faz da cultura árabe com outras culturas. O distrito artístico de Al Quoz foi ganhando forma, e agora existem muitas galerias de arte e eventos culturais na cidade. A sinalética brilhante nas ruas e vielas intriga-me como tema. Ainda existem áreas comerciais antigas, como Karama, mas os centros comerciais tornaram-se uma parte intrínseca do sucesso de Dubai como um destino de compras. O meu favorito é o Dubai Mall. Tem lojas internacionais como a Eataly e a Kinokuniya. Tendo em conta que agora vou mais vezes ao cinema, sinto saudades de ir às antigas salas de cinema. Uma desvantagem de múltiplas culturas são os diversos estilos de condução, o que transformou a condução na cidade num pesadelo, sobretudo durante as horas de ponta. A crise financeira de alguns anos atrás atingiu esta cidade em força, mas Dubai tem aquela mentalidade de "seguir em frente", pelo que isso já é uma coisa do passado. Eu também estou constantemente em movimento e penso que isto é um modo de vida que eu partilho com esta cidade."

Partilhe esta página