WELCOME TO KONE!

Are you interested in KONE as a corporate business or a career opportunity?

Corporate site

Would you like to find out more about the solutions available in your area, including the local contact information, on your respective KONE website?

Your suggested website is

United States

Go to your suggested website

Cookies

Usamos cookies para otimizar a funcionalidade do site e para lhe dar a melhor experiência possível enquanto navega no nosso site.Se você concordar com isso e aceitar todas as cookies, basta clicar no botão 'Aceitar'.Você também pode rever a nossa declaração de privacidade.

Back to top

DESCODIFICAR O MUNDO EM CONSTANTE LIGAÇÃO

A quantidade cada vez maior de dados recolhidos pelos sensores integrados nos elevadores, edifícios, automóveis e mesmo em dispositivos nas nossas casas vai mudar o modo como vivemos a nossa vida em cidades que estão a urbanizar-se rapidamente. Para tirar algum partido deste vasto oceano de dados, a KONE estabelece uma parceria com a IBM.

Atualmente, estão integrados cerca de 29 mil milhões de dispositivos e sensores nos objetos do dia a dia, desde automóveis a edifícios e pontes. Os eletrodomésticos, tais como torradeiras e frigoríficos, roupa e até partes do nosso corpo estão a ser ligados à internet.

A necessidade de gerir, compreender e analisar fluxos constantes de dados é a força motriz por detrás da união de dois líderes da indústria para criar e melhorar os serviços prestados aos clientes e consumidores finais da KONE.

A KONE vai usar plataformas de desenvolvimento na nuvem e a IoT da IBM para recolher dados de vários sensores e sistemas ligados aos elevadores, escadas rolantes, portas e torniquetes da KONE utilizados diariamente por cerca de milhares de milhões de pessoas.

A plataforma Watson da IBM utiliza o processamento de linguagem natural e a aprendizagem automática para revelar grandes quantidades de dados não estruturados. Em 2011, tornou-se mundialmente famosa quando competiu com êxito contra concorrentes humanos num concurso televisivo de cultura geral chamado "Jeopardy". Antti Koskelin, CIO na KONE, explica por que razão foi escolhida a plataforma:

"Ao utilizar a plataforma Watson IOT, nós podemos melhorar drasticamente a fiabilidade, o tempo de atividade dos elevadores e escadas rolantes, e proporcionar uma experiência melhor, reduzir os tempos de deslocação e melhorar o fluxo de pessoas nas grandes cidades. A nossa diferenciação virá de como podemos usar melhor as perceções para melhorar o nosso serviço prestado aos clientes."

NOVOS SERVIÇOS, NOVAS EXPERIÊNCIAS

"Os nossos sistemas justificam e criam hipóteses sobre o que poderá estar a acontecer e, posteriormente, aprendem. Isso quer dizer que quantos mais dados estes sistemas "ingerirem", mais inteligentes e avançados eles se tornam. Nas mãos da KONE, estas tecnologias vão ajudar os engenheiros a descobrir antecipadamente quando uma peça num elevador precisa de manutenção ou de substituição, permitindo assim a manutenção preditiva", afirma Harriet Green da IBM.

De um modo geral, as deslocações das pessoas em edifícios serão personalizadas, mais rápidas, mais seguras e melhores. A implementação de uma plataforma flexível significa que a lista de potenciais benefícios está apenas limitada pela imaginação dos clientes. "Outra vantagem para os gestores do edifício é a possibilidade de saberem quais são os pisos de um edifício que poderão precisar de elevadores em determinadas alturas do dia", acrescenta Green.

ABRIR NOVAS PORTAS PARA CLIENTES

Ser capaz de resolver potenciais problemas antes de eles ocorrerem é uma das áreas onde vão entrar em ação novos tipos de serviços previsíveis. "Mas isto é apenas o começo", afirma Koskelin, enquanto destaca outras questões que os clientes estão a começar a colocar.

"Os edifícios de apartamentos ficam fechados durante longos períodos de tempo. Mas enquanto morador, se estiver à espera de uma encomenda, será que pode abrir a porta remotamente ao estafeta ou disponibilizar-lhe acesso a uma sala específica da sua casa?", pergunta ele.

Graças à parceria com a IBM, a KONE planeia promover um vasto ecossistema de criador ao abrir Interfaces de Programação de Aplicação (API), o que significa que podem ser concebidas novas aplicações e podem ser ligados diferentes tipos de equipamento e serviços – criando uma experiência de fluxo de pessoas mais fluida, mais segura e mais personalizada para os utilizadores do edifício.

"Um parceiro de negócios da KONE poderia desenvolver uma aplicação para comunidades de utilizadores, permitindo às pessoas chamarem previamente os elevadores durante as horas mais movimentadas do dia", explica Green. "O pessoal do restaurante poderia ser alertado quando houvesse um elevado número de pessoas a dirigirem-se para lá, o que lhes permitiria prepararem-se para mais refeições. Os gestores dos edifícios podiam otimizar os seus planos de ação para evacuações durante emergências", acrescenta.

Espera-se que esta parceria transforme as operações e as capacidades tecnológicas da KONE nos próximos anos, melhorando o fluxo da vida urbana em todo o mundo.

Partilhe esta página